11 abril 2010

13 Dicas para Escolher um Profissional Honesto

Escolher a Pessoa Certa para realizar os seus rituais de magia não é fácil

A magia é real, e os rituais de magia são reais também. E há uma verdadeira indústria de feitiços e leitura psíquica. Embora existam muitos profissionais (magos, bruxos, sacerdotes, astrólogos, videntes...) genuínos, há muitos que o seu jogo é tomar o máximo de dinheiro que podem.

Para encontrar um profissional de magia real, você pode ficar tentado procurar opiniões sobre rituais de magia. Infelizmente, essas revisões e livros de visitas dos website podem ser cheias de informação falsa, por vezes, projectada para persuadir a gastar o seu dinheiro ou escritos por outros profissionais para arruinar a reputação de um concorrente. Então, como você sabe como escolher um mago honesto e sério?

Com todas essas informações, você pode sentir que é impossível encontrar um profissional de magia sério.  Devido a isto, e graças a mais de 30 anos de experiência profissional, o Mestre Gabriel Ochun oferece um guia para a escolha de um profissional, baseado nas características individuais e motivações. Estas perguntas podem ajudá-lo a fazer a sua decisão com base racional.Talvez este guia irá ajudá-lo a escolher a melhor ajuda mágica para suas necessidades.

Você pode ter os benefícios de um feitiço real se você souber onde procurar e como escolher um trabalhador legítimo para trabalhar junto consigo.

Perguntas ao Considerar

Um guia para a escolha de um profissional honesto

Pode haver ética em certos tipos de trabalhos de magia, mas acho que deve haver uma ética empresarial em geral, quando se trata de feitiços para dinheiro. Alguns discordam com a ideia de cobrar pelo trabalho de magia, mas eu considero um serviço profissional, um talento e uma arte que merece o dinheiro para compensar o tempo gasto e a perícia envolvida em rituais de magia real.

Abaixo, está uma lista de perguntas e ideias para ajudar a pensar nos feitiços como um negócio para que você possa compreender como escolher um bom feitiço.

Nestas questões a palavra o termo burlão refere-se a profissionais ilegítimos (procuram os clientes para arrancar o seu dinheiro). Estas questões são baseadas nas experiências que os clientes do Mestre Gabriel Ochun lhe fazem chegar, no ouvir das histórias de muitas pessoas que vieram ter com o Mestre procurando ajuda depois que gastaram dinheiro num profissional e nunca obteve resultados.

Pontos a considerar ao escolher um trabalhador magia

1. Já disseram que você foi amaldiçoado e que precisa de várias limpezas mágicas para se livrar da "presença do mal" que está em sua vida?

Uma táctica comum usada por golpistas para conseguir o cliente a acreditar que foi irremediavelmente amaldiçoado, mesmo uma maldição que o burlão pode dizer que é geracional, de modo que os clientes devem gastar uma grande soma de dinheiro para que a maldição seja removida. O cliente não tem conhecimento de ocultismo ou de feitiçaria, e em conformidade com o medo que sente paga o dinheiro para ser feita a limpeza. Às vezes é muito caro.

Um bom profissional não dirá que você está amaldiçoado para exigir dinheiro de você para remover maldições.

2. Há bruxos que fizeram você se sentir desconfortável, nervoso, assustado ou com medo?

 E se o burlão enche sua mente com medo e dá-lhe tanta tensão que você acaba com pesadelos, que o burlão, em seguida, utiliza como parte da prova de que houve um trabalho contra si? Será que você sofre pesadelos de lidar com ele durante o trabalho de magia? Você experienciou stress, efeitos corporais ou depressão por causa de sua experiência?

Um bom mago seria capaz de aliviar seus medos e ajudá-lo a se sentir confortável.

3. Ter o trabalho de magia ameaçado com o que eles chamaram repercussões mágicas, ou mágica que irá retornar para você, e é necessário que você comece a limpeza ou protecção com numerosas magias?

Essa é outra forma de intimidação.Pode vir após a magia ser lançada, numa sessão de emergência para ajudar a protegê-lo de um efeito de feitiço. A ideia é ridícula para um verdadeiro conhecedor das ciências ocultas e usar isso como intimidação, torna-se um método de manipulação.

Um bom profissional não irá assustá-lo ou manipulá-lo mentalmente para moldar a sua vontade.

4. Será que o impediu de buscar ajuda externa, proibindo-lhe ver alguém para elem deles?

O burlão pode ameaçá-lo que seu feitiço será desfeito se você procurar outro profissional. Deve ser a sua própria escolha de quem você consultar quando você está começando o trabalho feito feitiço.

Um trabalhador da boa fé tem uma reputação a defender e nada a esconder. Ele mostra o feedback positivo que recebe. A melhor propaganda é boca a boca.

5. Têm pedido quantidades substanciais de dinheiro para você, enquanto você não obtém resultados?

Você ficaria surpreso com o número de pessoas burladas durante anos, através de métodos de controle e manipulação. Não é incomum um esquema de trabalho mágico ultrapassar mais de um ano. Você tem de perceber, se você não obtém resultados, mesmo dentro de alguns meses, é hora de re-avaliar seus objetivos no que você quer de trabalho ou feitiço para encontrar outro profissional que pode lhe dar mais do que promessas vazias de todo o dinheiro que você gastou.

Um bom profissional começa o trabalho sem precisar de acumular grandes quantidades de trabalhos extra.

6. É um bruxo ou mago exigente do seu tempo e atenção, tanto que você se sente fora de controle?

Os burlões querem tanto controle uanto possível. Eles fazem isso de maneira subtil. Se você acha que não tem espaço para respirar e você está sendo controlado dia e noite, então talvez é hora de dar um passo atrás e olhar para sua situação. Um profissional ético realiza feitiços para você e não lhe diz como viver sua vida. As escolhas devem ser suas, não dele.

Um profissional sério não invade sua privacidade ou procura formas de controlar a sua vida de alguma forma. Profissionais honestos podem estabelecer limites de até onde se irão envolver, que é apenas a coisa certa a fazer num relacionamento de negócios.

7. Será que tem seus desejos e vontades em consideração, ou tentam manipulá-lo a aceitar o que eles querem?

Será que eles lhre dizem o que pensa e como se sente? O seu conjurador coloca as idéias na sua cabeça através de conversas para manipular os seus sentimentos e manipular as suas escolhas? Um burlão vai tentar fazer isso e ganhar o seu controle para ter acesso ao seu dinheiro arduamente ganho.

Um verdadeiro profissional é bom ouvinte e está lá para você quando você precisa dele.

8. Você pode escolher ou um plano que se adequa à sua situação específica?

Não há nenhuma consulta, aconselhamento ou opções oferecidas durante o processo de realização do trabalho de magia? A proposta é igual mesmo quando você nem explicou o que a preocupa? Será que o bruxo ou mago ouve seus desejos, ou diz a você uma burla única que eles dão para resolver seus problemas?

A magia de um profissional sério é criada apenas para a sua situação, em vez de dar-lhe soluções genéricas a um preço caro.

9. Ofereceram-lhe provas do trabalho de magia realizado, através de fotografias ou gravação em vídeo da magia?

A maioria dos burlões irá enviar-lhe um video ou fotografias do ritual. Isso não prova nada para você. Então, tudo o que fazem é receber o seu dinheiro, em seguida, entregar-lhe um registo vídeo ou fotográfico e descrevem o que eles fizeram. É assim que os burlões fazem seu dinheiro.

Um profissional honesto sabe que a melhor prova são os resultados. Sem essa prova você só resta a opção de confiar na pessoa e que o feitiço foi feito.

10. Será que exigem pagamentos para trabalhar em período extra?

Isso não é incomum nos trabalhos de magia ilegítimos - eles vão tentar levá-lo a pagar por serviços adicionais ao longo do tempo, mesmo que nunca tenha solicitado. Eles sugerem uma magia e depois vão levá-lo a gastar mais e mais. Um profissional honesto será capaz de lançar o seu feitiço apenas uma vez e mantém-no a trabalhar, em vez de negociar com você para obter mais dinheiro de um trabalho feito.

Um profissional competente não precisa de convencer você que precisa mais do que você realmente dá.

11. Será que pedem dinheiro para um trabalho mágico ou rituais que foram feitos sem seu conhecimento ou consentimento (porque estava em "seu interesse")?

Alguns trabalhadores de magia burlões vão fazer magia para você, sem seu conhecimento ou permissão (ou alegam que o fazem) para que eles possam ter o seu dinheiro. Eles alegam que é de seu interesse e que você precisava de um trabalho extra de protecção por 200 euros ou 500 reais extra.

Um profissional honesto não lança feitiços sem consultar primeiro o cliente.

12. Será que eles fazem você assinar um contrato de sigilo ou tomar um juramento de silêncio para que você não iria falar com ninguém sobre o seu trabalho?
Qualquer burlão que vale seu peso em dinheiro não quer ver seu nome em público como sendo um burlão. Para impedi-lo de ter segundos pensamentos ou de ir para as autoridades, diz-lhe para não conversar com ninguém sobre o seu trabalho de magia. Os sobreviventes de abuso sexual passam por uma experiência do mesmo tipo - chantagem emocional.

Por exemplo, 'se você disser sobre mim, então eu vou ter sua família morta, trancada etc. " Não ouça um  burlão só por ele ameaçar sua família ou sua segurança, pessoalmente ou magicamente, se eles tentam levá-lo a assinar ou jurar um acordo de confidencialidade. Eles obviamente têm algo a esconder se eles querem que você mantenha a boca fechada.

A magia honesta não tem nada a esconder e nunca poria em risco o seu cliente. Um profissional está lá para ajudá-lo, para não tornar sua vida ainda pior.

13. Será que eles lhe pedem os números de identificação pessoal, data de nascimento, números de conta bancária, ou números de segurança social?

Agora, enquanto é normal pedir-se LEGITIMAMENTE nomes, fotos ou data de nascimento, é para desconfiar e muito perigoso revelar a sua conta bancária, número da segurança social ou qualquer outra coisa que eles podem usar para ter acesso directo aos seus fundos. A sua conta bancária pode ser esvaziaao em questão de minutos e eles desaparecem, para nunca mais serem encontrados novamente.

Algumas outras coisas óbvias para observar:
Alguns burlões afirmam ser parte de um grupo de cariz religioso ou então de um grupo de bruxos. É fácil para eles fazer isso quando estão fingindo ser algo que não são online.

Existem feiticeiros que alegam graduações de universidades - há alguns que se dizem pós-graduados em universidades e com diplomas, mas se você tomar o tempo para fazer uma verificação de antecedentes você vai ver que esses graus e cursos não existem e os burlões está mentindo.

Cuidado com os burlões da América do Sul, Brasil e México. Eles são famosos por fraude via internet.

Além disso, presta atenção para os burlões que pedem o pagamento via Western Union, dinheiro ou transferência bancária, por vezes, esses fundos não podem ser rastreados, por isso, se você quiser levá-los a tribunal não há forma de provar que o dinheiro foi levado por eles.